Subidas de bike no triathlon

Durante as provas de triathlon, muitas não possuem percurso plano, por isso, você deve estar preparado para encarar subidas de bikes. Dominar as técnicas pode fazer toda a diferença para conseguir fazer uma corrida consistente. Confira algumas dicas e observações para conseguir realizar subidas de bike no triathlon.

Respiração

Durante as subidas de bike mais longas, o ideal é respirar fundo e inspirar bastante e devagar. Encha bem os pulmões, logo depois solte o ar. Inspirar pelo nariz traz mais vantagens, com o ar entrando mais devagar, sendo filtrado, aquecido e não deixando a boca seca. Soltar o ar pelo nariz pode trazer a sensação de falta de ar, mas lembre-se que o ideal é soltar tudo que foi inspirado, eliminando todo o ar viciado dos pulmões para depois enchê-los com ar renovado. A respiração calma é o mais importante, e com treino a capacidade respiratória aumenta e você fica menos ofegante nas subidas.

Inclinação

No selim, é possível realizar subidas de bike pouco inclinadas. Nas mais íngremes, é preciso que o atleta se levante, porque ao pedalar em pé o peso corporal cumpre parte do trabalho que seria dos músculos das pernas. Mas o sistema aeróbico é sobrecarregado, elevando a frequência cardíaca e o ritmo respiratório.

LEIA MAIS:
Dicas para começar no Triathlon
Dicas do que não fazer na natação do Triathlon

Postura

O desempenho nas subidas de bike também pode ser influenciado pela postura. Pedalar de pé é mais cansativo, mas é a preferência de alguns ciclistas mais preparados. Você pode também, com a prática, aprender a pender a bicicleta para o lado contrário ao que está fazendo pressão com o pé, usando também os braços.
Alguns que pedalam sentados usam a técnica de remar com o guidão, puxando-o para trás conforme se aplica força adiante nos pedais.

Velocidade

Atingindo ou passando de 20 km/h, a posição aero é a mais indicada. Abaixo disso, a perda em aerodinâmica é substituída pelo ganho de potência ao pedalar em pé. Deve-se ter atenção ao vento, já que as rajadas de frente podem tornar a posição clipada mais eficiente e recomendável.

Fadiga

Alterar posições pode ser mais vantajoso em subidas de bike longas. Quando os músculos começarem a fadigar, é possível levantar, e se a respiração ficar muito ofegante, sente-se novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *